domingo, 10 de agosto de 2008

Critica Basica

Era Uma Vez...

Quando uma historia é bem contada não importa a quantidade de clichês que ela apresente, sempre será uma boa historia. Era Uma Vez ultrapassa o estereotipo de ser somente uma boa historia e passa a ser uma reflexão da nossa sociedade.

Dé (Thiago Martins ) é um morador da Favela do Cantagalo no Rio de Janeiro,vive com sua mãe Bernadete ( Cyria Coentro ),uma empregada domestica.Quando pequeno Dé viu seu irmão Beto ser assassinado por traficantes do morro,e seu outro irmão Carlão (Rocco Pitanga ) ser preso injustamente.Decidido a ter uma vida melhor Dé trabalha em um quiosque vendendo cachorro-quente e coco na praia de Ipanema,enquanto trabalha ele observa Nina (Vitória Frate ) uma menina de família rica que nem sabe da existência de Dé e dos sentimentos dele para com ela.Ate que um dia após um incidente no qual Nina quase é assaltada e Dé a salva,eles começam timidamente a ter uma ligação,que vai se transformando em amor.
Era uma Vez não é somente uma história de amor adolescente, mas um retrato das diferenças e preconceitos ligados a divergências sociais, em uma seqüência da película quando Dé mostra o apartamento de Nina pela varanda de seu barraco e que ela diz que parece tão perto, enquanto ele acha que aquela riqueza em que ela vive é muito distante da realidade dele, transparece durante todo o filme. Em relação a conceitos técnicos o roteiro é bem encaixado, e trabalha bem cada personagem, também acerta pelo fato de fazer com que a relação de Nina e Dé não ocorra de imediato, e que aos poucos as barreiras que se sobrepõem o casal, vão caindo pelo desejo dos dois. Breno Silveira (2 Filhos de Francisco ) mostra o quão grande é seu talento como diretor,em quadros belíssimos da cidade do Rio de Janeiro.Destaque para a cena em que Dé e Nina ficam pela primeira vez no barraco dele,e a câmera vai subindo devagar,mostrando toda uma favela.A trilha sonora é um dos maiores méritos do filme, que se mostra sempre presente.O elenco em sua maioria é muito bom,destaques para Cyrya Coentro que faz a mãe de Dé,Vitória Frate com aquela cara de boneca e aqueles olhos expressivos, consegue encantar qualquer um,mas em relação a atuação Thiago Martins da um show de interpretação e carisma,é incrível como o personagem Dé caiu como uma luva para ele,Thiago consegue fazer com que o publico torça fervorosamente por Dé.
Era uma Vez faz com que saíamos com o orgulho pelo rumo que o cinema brasileiro tem tomado nos últimos tempos. Prestigiem.

Nota = 9

15 Comentários:

Blogger Vinícius disse...

.

ainda bem que ainda tem gente que se arrisca e consegue descobrir grandes feitos do cinema nacional.

.

10.8.08  
Blogger Danilo disse...

Não gostei, muito clichê mesmo. Acho que o melhor filme feito em muito tempo no Brasil é "Estômago".

10.8.08  
Blogger iti disse...

tem mto filme ai "mesquinho"
rsrsr
http://lhmartins.blogspot.com/

10.8.08  
Blogger Thiago disse...

Huuuum, eu nao vi o filme ainda...fiquei meio pra tras qdo vi o comercial...vou esperar no dvd mesmo hehe

10.8.08  
Blogger Marcelo disse...

POis é.. concordo que uma história bem contada é uma história de qualidade, mas dicordo em um ponto: uma história bem contada dispensa os clichês...
O filme pode até ser bom, mas "menino pobre apaixonado por menina rica..." Aí.. caramba... mais batido impossível esta temática...Vamos ver, né...

10.8.08  
Blogger Reporter x disse...

não tive oportunidade de assistir, mas pelo q tô sabemdo é excelente

10.8.08  
Blogger James Bond disse...

Vou ver quando lançar em DVD!! Ah..não leve a mal, mas ja pensou em mudar o layout do blog?

Abraço

10.8.08  
Blogger Euzer Lopes disse...

Bem, verdade seja dita: este é o tipo do filme que PRECISA ser visto para entendermos muito mais do mundinho onde estamos inseridos. A favela, para muitos de nós, é um mundo à parte, desconhecido. Tentar entendê-lo pode ser a estrada para termos outros conceitos sobre ele e seus habitantes.
Que tal?

10.8.08  
Blogger Kaique Azevedo disse...

Deve ser um bom filme, mas acho que esse tema "Favela do Rio" já tá mais que esgotado...

http://meucumpadi.blogspot.com/

10.8.08  
Blogger Google disse...

Ainda nao tive a oportunidade de assistir.

10.8.08  
Blogger Besteira a 4 disse...

é brazuca ne?

acho q ñ vou ver

10.8.08  
Blogger Vinícius disse...

Eu gosto de cinema nacional sim senhor. E esse filme, no que tange ao desenvolvimento de cada personagem, certamente iria me agradar. Gosto de histórias em que os personagens são "importantes".

É uma boa dica. Um dia assisto. Rs.

10.8.08  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Entrei no seu blog por acaso.
O filme aqui mencionado é muito bom mesmo.
Marthacorreaonlime.blogspot.com

10.8.08  
Blogger Jonatas Fróes disse...

Não assisti à esse filme ainda, e confesso que quando li sua sinopse pela primeira vez nem tive vontade, exatamente porque acreditei que seria mais um clichê hollywoodiano... Mas como a crítica por aqui foi boa (E em outros lugares que andei passando por ai), vou ver se cofiro pra formar minha própria opinião ^^

[]'s

http://musica-holic.blogspot.com/

10.8.08  
Blogger Fabíola Oliveira disse...

Concordo com você. Quando uma história é, realmente, bem contadanão importa que seja clichê ou não. Exemplo disso é Um Amor Para Recordar, que é um filme ótimo.

12.8.08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

...Voltar para principal