segunda-feira, 20 de outubro de 2008

News

Universal confirma quarto longa da franquia "Bourne"

Os estúdios Universal confirmaram as especulações que previam a continuação da trilogia "Bourne", protagonizada por Matt Damon ("Syriana - A indústria do Petróleo"). Segundo a Variety, a produção já escolheu George Nolfi ("Sentinela") para ser o roteirista do longa, que co-escreveu "O Ultimato Bourne", último filme da série. Os longas "A Identidade Bourne", " A Supremacia Bourne" e "O Ultimato Bourne" foram baseados na trilogia literária de Robert Ludlum. O quarto filme, no entanto, terá um enredo totalmente inédito, já que o escritor encerrou a série no terceiro filme. A Universal revelou que irá dar prioridade às novas aventuras de Jason Bourne. Segundo a Variety, os estúdios não medirão esforços para ter o diretor Paul Greengrass, cineasta responsável pela trilogia, e Damon de volta à série. Frank Marshall produzirá o longa, e Jeffrey Weiner e Henry Morrison serão os produtores executivos. "O Ultimato Bourne" arrecadou 442 milhões de dólares nas bilheterias mundiais, valor muito acima dos cerca de US$ 110 milhões de orçamento.

Fonte: www.cinemacomrapadura.com.br

9 Comentários:

Blogger João Pedro disse...

PRA QUE?

20.10.08  
Blogger Dário Souza disse...

Ganhar dinheiro oras.

20.10.08  
Blogger Imperador Agellus Orochi Colossus Regis Mach V disse...

Esse povo é tão fissurado em dinheiro, que vão acabar estragando a série.

passa no blog da minha equipe depois:

http://alguemvaimeouvir.wordpress.com/

20.10.08  
Blogger Diego disse...

esses caras fazem qualquer coisa por dinheiro

20.10.08  
Blogger E! disse...

o filme poderia ter marcado epoca,se ficasse apenas com o primeiro longa;

20.10.08  
Blogger Besteira a 4 disse...

uhhhhhhh gostei do muito do filme, quero ver o outro *-*

juka

20.10.08  
Blogger 30 e poucos anos. disse...

Ótima notícia ... os filmes todos são excelentes.

21.10.08  
Anonymous Lua disse...

nossa eu adoro a trilogia, e estaa torcendo para um quarto filme.

22.10.08  
Blogger Bruno R.Ramos disse...

Bem, não opinaria se não achasse que nos Estados Unidos como aqui há sempre uma verba especial para instituir celebridades. É uma política de bastidores digna de um "Oscar"...

9.12.08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

...Voltar para principal