segunda-feira, 20 de outubro de 2008

News

Universal confirma quarto longa da franquia "Bourne"

Os estúdios Universal confirmaram as especulações que previam a continuação da trilogia "Bourne", protagonizada por Matt Damon ("Syriana - A indústria do Petróleo"). Segundo a Variety, a produção já escolheu George Nolfi ("Sentinela") para ser o roteirista do longa, que co-escreveu "O Ultimato Bourne", último filme da série. Os longas "A Identidade Bourne", " A Supremacia Bourne" e "O Ultimato Bourne" foram baseados na trilogia literária de Robert Ludlum. O quarto filme, no entanto, terá um enredo totalmente inédito, já que o escritor encerrou a série no terceiro filme. A Universal revelou que irá dar prioridade às novas aventuras de Jason Bourne. Segundo a Variety, os estúdios não medirão esforços para ter o diretor Paul Greengrass, cineasta responsável pela trilogia, e Damon de volta à série. Frank Marshall produzirá o longa, e Jeffrey Weiner e Henry Morrison serão os produtores executivos. "O Ultimato Bourne" arrecadou 442 milhões de dólares nas bilheterias mundiais, valor muito acima dos cerca de US$ 110 milhões de orçamento.

Fonte: www.cinemacomrapadura.com.br

9 Comentários:

Blogger João Pedro disse...

PRA QUE?

20.10.08  
Blogger Dário Souza disse...

Ganhar dinheiro oras.

20.10.08  
Blogger Imperador Agellus Orochi Colossus Regis Mach V disse...

Esse povo é tão fissurado em dinheiro, que vão acabar estragando a série.

passa no blog da minha equipe depois:

http://alguemvaimeouvir.wordpress.com/

20.10.08  
Blogger Diego disse...

esses caras fazem qualquer coisa por dinheiro

20.10.08  
Blogger E! disse...

o filme poderia ter marcado epoca,se ficasse apenas com o primeiro longa;

20.10.08  
Blogger Besteira a 4 disse...

uhhhhhhh gostei do muito do filme, quero ver o outro *-*

juka

20.10.08  
Blogger 30 e poucos anos. disse...

Ótima notícia ... os filmes todos são excelentes.

21.10.08  
Anonymous Lua disse...

nossa eu adoro a trilogia, e estaa torcendo para um quarto filme.

22.10.08  
Anonymous Anônimo disse...

Bem, não opinaria se não achasse que nos Estados Unidos como aqui há sempre uma verba especial para instituir celebridades. É uma política de bastidores digna de um "Oscar"...

9.12.08  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

...Voltar para principal